A Importância da Proteção em Altura

Os trabalhadores enfrentam diariamente muitos riscos em seu ambiente de trabalho, por isso o uso dos equipamentos de segurança, é essencial para garantir a saúde e integridade física, porque esses equipamentos previnem acidentes e doenças do trabalho.

Os EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais), são obrigatórios em todas as profissões, principalmente, as de risco como as exercidas na altura.

Importância da proteção em altura

São considerados trabalho na altura, aqueles realizados em alturas maiores do que 2 metros, seja em escadas, plataformas ou andaimes. Também são tidos como trabalhos em altura, os feitos em profundidades, como o trabalho em minas, poços e escavações.

Os trabalhos em altura, são considerados de muito risco, e são nessas áreas onde, de acordo com estatísticas, ocorrem maior número de mortes, por causa das quedas, não só dos trabalhadores, como de materiais.

Para prevenir os acidentes de trabalho nas atividades exercidas na altura é essencial o uso correto de todos os equipamentos de segurança e também o profissional precisa ser treinado para realizar o uso da forma certa e minimizar os riscos de acidentes que podem levar a morte.

Equipamentos de proteção individuais nas alturas

De acordo com a norma NR 06, o Equipamento de Proteção Individual (EPI), para trabalhos em alturas, deve possuir: cinto de segurança, que protege o trabalhador de quedas; cadeira suspensa, usada para trabalhos em alturas, onde é necessário o deslocamento vertical e trava-queda de segurança, que vem acoplada ao cinto de segurança ligado a um cabo de aço independente, muito usado em trabalhos feitos em andaimes suspensos.

Todos os profissionais que trabalham nas alturas devem ter consciência dos riscos que estão correndo, por isso eles precisam conhecer e respeitar as normas de segurança que envolvem seu trabalho, ficar atento a todos os riscos, usar todas as técnicas ensinadas na realização das atividades e verificar todos os dias o bom estado dos equipamentos de proteção individuais.

Todos os equipamentos de proteção em alturas deve contar com cinto de segurança, estilo paraquedas, trava-quedas retrátil, mosquetão de aço em forma oval, cadeira suspensa de descida e subida e talabarte, que varia de acordo com trabalho.

Para exercer uma profissão nas alturas, como eletricista, limpador de janelas de prédios, escavador e outras, é preciso ter treinamento, não só na prática da profissão, como também no uso correto dos equipamentos, pois todos os trabalhadores correm risco de sofrer algum acidente, basta um descuido, que pode levar a morte. O técnico de segurança do trabalho é o responsável por treinar os trabalhadores e adquirir todos os equipamentos de acordo com a atividade.

Portanto os EPIs são obrigatórios e essenciais para proteger a vida e a saúde dos trabalhadores, por isso, o Ministério do Trabalho e Emprego, sempre está de olho, para ver se as empresas estão cumprindo todas as normas trabalhistas. Caso trabalhe nas alturas e acha que não tem a segurança adequada com os equipamentos que a empresa deu, procure o supervisor ou chefe, porque é ele que precisa falar da situação com o dono da empresa ou área de segurança do trabalho, para que forneça os equipamentos certos e seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *